Primeiro aulão do Movimentos

Leitura é brincadeira de criança no Chapéu-Mangueira
11 de junho de 2013
Novos olhares para a população em situação de rua
15 de junho de 2013
Exibir Tudo

Primeiro aulão do Movimentos

No último sábado, o Movimentos promoveu um aulão de dança no Espaço Conexão Cultural, projeto também desenvolvido na Agência de Redes para Juventude. O local virou um ponto de encontro de dança, com bailarinos e alunos do projeto que se reuniram para criar coreografias dos mais diferentes  estilos de música.

O Movimentos é coordenado por Adany Lima (30 anos), Edson Ferreira (18 anos), Fabricio Jefferson (17 anos) e Jéssica Alves (15 anos). O projeto realiza aulas de dança na Asvi – Associação Semente da Vida da Cidade de Deus e também oficinas nas escolas públicas da comunidade através do programa Bairro Educador. “Duas alunas não estavam mais indo para a escola e agora estão voltando por causa da dança. A gente vai ter uma turma só de jazz e estamos vendo se a escola vai ceder um outro horário”, disse Adany sobre a experiência na Escola Municipal Pedro Aleixo. “Alguns alunos estão na idade dos pais mandarem trabalhar em lanchonetes”, completa.

Esse período de trabalho afastou Edson Ferreira (18 anos) da companhia Movimentos. Fã de Beyoncé, seu sonho é ser dançarino. “Para mim, a CDD ainda é muito limitada para outros estilos de dança e a gente tá tentando trazer outros tipos”. Wallace Silva, de 16 anos, começou a dançar aos 8 anos e também parou por um tempo. “Eu ficava em casa, lembrando das apresentações que fiz e quis voltar”, disse o jovem que naquela semana, começou a aprender dança de salão.

Adany Lima orientou os primeiros movimentos. A liderança estava aberta para a criação de novos passos. Wallace foi o primeiro a criar sua série e depois, Tinho Nagashi, de 20 anos, também inventou a sua, compondo uma coreografia coletiva. Membro do L Boys, Tinho começou a dançar ainda criança. “Minha irmã me levava para os lugares em que ela dançava, quando era mais nova”, lembra o jovem.

Beatriz Estrela e Bruna Cristina, ambas de 16 anos, e Taniele Teixeira, de 18 anos, são alunas do Movimentos na Asvi. “O curso de dança mais próximo que encontrei foi em Rio das Pedras. Ai resolvi ficar aqui porque é mais próximo. Eles têm paciência pra me ensinar”, conta Taniele. Douglas Ferreira, de 18 anos, afirmou não ser dançarino, mas também entrou na dança e fechou o dia com uma apresentação. 

O próximo aulão está marcado para o dia 13 de julho. Não perca!

Veja mais fotos do dia na nossa galeria do Flickr >> http://bit.ly/194Fi5w . Assista também ao vídeo :

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *