MESTRES DA INTERNET, STHEFANY SANTOS E BIG JAUM DISCUTEM PRODUÇÃO DE CONTEÚDO DIGITAL EM FORMAÇÃO DO GERAÇÃO QUE MOVE

ESCRITOR JESSÉ ANDARILHO E REPÓRTER MARIA MORGANTI ABREM A SEMANA DE FORMAÇÃO DO GERAÇÃO QUE MOVE
30 de setembro de 2020
AGÊNCIA DIVULGA LISTA DE SELECIONADOS DO CICLO ‘RECOMEÇAR E TRANSFORMAR’
1 de outubro de 2020
Exibir Tudo

MESTRES DA INTERNET, STHEFANY SANTOS E BIG JAUM DISCUTEM PRODUÇÃO DE CONTEÚDO DIGITAL EM FORMAÇÃO DO GERAÇÃO QUE MOVE

O segundo dia da semana de formação do Geração que Move foi especial. Os convidados da noite eram a rapper e influenciadora digital Sthefany Santos e o comediante e videomaker Big Jaum. Tanto ela quanto ele foram jovens líderes da primeira fase do GeraMove, representando respectivamente Santa Cruz, na Zona Oeste, e Guadalupe, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Durante os primeiros meses de pandemia, eles mobilizaram uma rede de jovens de suas regiões para levar comida, livros, e kits de higiene e proteção a famílias em situação de vulnerabilidade social. Os dois também participaram da criação do recém-lançado videoclipe ‘Sou Mulher, Sou Potência’ – ela, como artista, ao lado de Lorac Lopez; ele, como diretor.

Sthefany produz conteúdo sobre maquiagem, alcançando hoje 10 mil pessoas. Ela deu dicas práticas de criação para as redes sociais e incentivou as meninas e meninos que a assistiam a persistir na busca de seus objetivos, mesmo com as dificuldades que aparecem no caminho. A jovem falou sobre racismo e machismo, contando sobre situações que viveu ao longo da trajetória no rap e na internet. Ela também falou sobre território, ressaltando que querer alcançar um público muito amplo logo no início é um erro comum: “O que eu fiz foi me juntar com muitas meninas da Zona Oeste para criar conteúdo. É muito bom fechar parcerias com pessoas do seu bairro, começar com as pessoas que estão em volta da gente, dar visibilidade para as pessoas daqui, para depois ir pra fora”, disse.

Big Jaum começou sua apresentação falando sobre os cursos que fez e projetos que participou, destacando as redes que conseguiu criar nesses lugares para impulsionar a carreira. Com 1 milhão de seguidores no TikTok, o jovem deu um panorama sobre as redes sociais e depois introduziu o tema do humor, com dicas de produção de vídeos nesse formato. A troca entre os convidados e os adolescentes foi potente, com muitas perguntas e a certeza do apoio mútuo. “Por mais que não acreditem na gente, a gente acredita do que vem da favela, na união pelos nossos. Mesmo que não tenha apoio, a gente se apoia”, disse a moradora de Honório Gurgel Yasmin Gegê no final da formação. Foi com esse clima que encerramos o segundo dia da semana de formação do Geração que Move. Hoje tem mais, com o início do segundo bloco de imersões, focado em direito à cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *