Perfil: Reciclart

Mergulho da Agência
14 de Janeiro de 2012
Perfil: Dropando na Comunidade
16 de Janeiro de 2012

Tem que acreditar em nosso potencial. Nem tudo que a gente considera lixo pode ser lixo— Yasmin Mendes

Thamires Xavier e Cintia Marzano já tinham experiência em trabalhar com reaproveitamento. Yasmin e Stephany Mendes fazem aulas de artesanato na escola em que estudam. Michele de Oliveira se identificou bastante com a ideia do projeto e quis entrar no grupo do Cantagalo/Pavão-Pavãozinho.

As comunidades foram entre as primeiras a receber uma UPP e maior atenção dos serviços da prefeitura. Mesmo assim, existe muito lixo nas encostas. O projeto Reciclart busca uma alternativa para o problema, criando o incentivo à coleta seletiva e oferecendo oficinas de reaproveitamento de material seco tal como garrafa PET, papelão, e caixas de leite. A ideia é criar uma nova fonte de renda para o publico alvo–  mães de família.

Reciclart conta com a parceria de COMLURB, MUF, CRJ, Radio Comunitária, Solar Meninos de Luz, Instituto Fernandes Figueira, do projeto também agenciado Boca de Lixeira, da pesquisadora Sandra Rubia e da UPP.

Segundo o universitário que acompanhou o projeto na desencubadora, Joaz Barboza, o projeto tem um lado revolucionário, que pode alimentar sua continuidade. “É a tentativa de desassociar a ideia de que  sobra é lixo e associá-la a dinheiro, possibilidade, beleza e renovação”, diz ele. Segundo Joaz um dos desafios que as jovens enfrentam “é vender esse sonho à comunidade, fazer um grande número de pessoas sonharem este mesmo sonho com elas”.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *