Jovens realizadores se encontram na Pavuna

Olha pro lado, é a kombi da Vila Cruzeiro passando!
6 de Fevereiro de 2013
No passinho do samba, na cadência do funk
6 de Fevereiro de 2013
Exibir Tudo

Jovens realizadores se encontram na Pavuna

“Acho que esse encontro vai ser histórico!” disse Marcus Faustini durante debate no sábado, no Arena da Palavra de Verão – festival que comemorou 1 ano da Arena Carioca Jovelina Pérola Negra, onde os jovens da Agência de Redes para Juventude assistiram a diversas atrações artísticas e conversaram com realizadores da cidade.

> Veja as fotos do encontro na página da Agência no Facebook!

O dia começou com a peça A viagem da Vila Cruzeiro à Canãa de Ipanema numa página de Facebook, do grupo Teatro na Laje, que conta a saga dos jovens de favela para chegarem à praia, tal qual os hebreus no êxodo do Egito rumo à Israel.

Depois, uma exibição especial do fabuloso A Batalha do Passinho – Os muleke são sinistro, de Emilio Domingos. Foi uma sessão emocionante, não só pelo ritmo contagiante das imagens, mas pelo valor afetivo da música e da lembrança do rei do passinho, o Gambá. E depois, alguns dançarinos do passinho deram um show apresentando sua dança e colocando todo mundo para dançar também.

A roda de samba com Marquinhos de Oswaldo Cruz  e  Zé Luis do Império, intercalada com um papo solto mediado pelo jornalista Luiz Fernando Viana, trouxeram histórias e músicas que fazem parte do processo de construção do imaginário da periferia.

Quem viveu esse momento, não se engana: foi um dos grandes encontros culturais da cidade. Uma peça de teatro sendo pensada com tema e experimentação de linguagem; um filme pop sobre a criação artística da juventude da favela; e o bom e velho samba, que transformou bairros e colocou o subúrbio na rota cultural e no imaginário afetivo do Rio de Janeiro.

E essas manifestações artísticas estão relacionadas à vontade de criar novos espaços na vida através do território. Quem só vê carência, não enxerga o desejo. E quem não vê o desejo, não percebe a potência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *