#JovemFazPraJovem

POR QUÊ ESSA AÇÃO?
27 de julho de 2018
Exibir Tudo

#JovemFazPraJovem

Durante o Festival #todojovemério 1600 jovens em 80 casas da periferia do Rio identificaram problemas que afetam suas vidas. De lá pra cá, parte desses jovens criaram ações pra combater esses problemas. Agora em agosto realizaremos a SEMANA JOVEM FAZ PRA JOVEM. Uma semana de ações realizadas por jovens, em várias partes da cidade…
– contra o assédio no transporte público
– com apoio a jovens que deixaram a escola
– e ajuda para mães jovens da periferia do Rio.

Aqui você pode conferir um resumo de cada uma das 9 ações que serão realizadas.
Fique de olho no nosso Instagram, Twitter e Facebook para acompanhar a programação!
#JovemFazPraJovem
#TodoJovemÉRio

>>> DESCRIÇÃO DAS AÇÕES:

NÚCLEO ZONA NORTE

Causa Mãe
A Ação Causa Mãe é um encontro para mães jovens compartilharem experiências, impressões e habilidades, com objetivo de criar uma rede entre elas – juntando mulheres que  tiveram e que não tiveram apoio ao se tornarem mães. A iniciativa vai alcançar mães da Pavuna e adjacências, Zona Norte do Rio de Janeiro.

Brota na Escola
Um minidocumentário apresentando jovens que abandonaram a escola – suas vivências, desafios e motivos que os levaram a deixar os estudos – e jovens que, mesmo com barreiras, conseguiram permanecer estudando. O filme será protagonizado por jovens dos Complexos da Pedreira e do Chapadão e exibido em duas casas desses complexos.

Slam Roda das Minas
Slam Roda das Manas é um slam cujo tema é combate a atos contra a mulher, sendo assim um espaço de fala e acolhimento a jovens mulheres da Zona Norte. Acreditamos na arte como resiliência. Por isso, potencializamos a legitimidade da ação formando outras mulheres para terem voz e protagonizarem o slam. No evento teremos poesias produzidas por essas jovens que falam sobre o tema a partir de sua própria vivência. A iniciativa visa nos unir para transformar nossas dores em uma ação que combata atos violentos contra mulheres.

 

NÚCLEO ZONA OESTE I

Cine Mudança
A ação irá encontrar e contactar jovens que deixaram os estudos e pessoas que conhecem jovens nessa situação, através de pesquisa e entrevista com 200 jovens nas ruas e virtualmente. 30 jovens que passaram pelas entrevistas serão convidados e mobilizados para um cine debate, onde – além de assistirmos um curta – criaremos coletivamente uma proposta de política pública sobre o tema da evasão na plataforma Rio por Inteiro. O objetivo é conversar, levar informação e auxiliar jovens evadidos a voltarem ao colégio ou concluir o estudos de forma alternativa.

Já Passou do Ponto
Jovens de Santa Cruz “fiscalizando” o assédio contra mulheres dentro dos transportes públicos com panfletos, adesivos, bottons e materiais informativos. A ação é uma campanha intensa de 3 dias, fazendo com que enquanto estivermos dentro destes transportes não haja assédio, além de sensibilizar e contribuir com a conscientização para essa causa na Zona Oeste. Divulgaremos a campanha pelo instagram, conscientizando pessoas de que o assédio pode e deve ser combatido. A ação irá mobilizar 30 voluntários, também jovens.

SLAM 220 VOLTZ
Um evento com música, prêmios, presença de convidados especiais do RAP, como Mc Estudante e da Literatura de periferia, Jessé Andrilho, e um slam com o tema da evasão escolar!  Para o evento, jovens que deixaram a escola serão mobilizados. Durante o slam, gravaremos pequenos takes com os jovens respondendo a nossa pergunta disparadora “de quem é a culpa?”, relatando os motivos que os fizeram deixar a escola. Com os relatos e pequenas entrevistas, criaremos um minidocumentário sobre a evasão escolar na perspectiva do jovem evadido.

 

NÚCLEO ZONA OESTE II

BATAN(do) PAPO: machismo e assédio se combate em casa
Pela primeira vez, jovens de periferia se reúnem numa casa, dentro do Batan, para conversar sobre machismo e assédio, buscando formas de conseguir minimizar essas situações dentro do território e na cidade.

VOCÊ SE VÊ COMO MÃE?
Realizaremos um minidocumentário, tendo como personagens mães jovens, familiares e alguns especialistas sobre o tema, como um retrato de como é ser mãe jovem na periferia do Rio de Janeiro. Além do filme, criaremos uma rede de contato e de apoio entre essas mães, e outras que se identifiquem.

PONTE DE AFETO: agentes da evasão escolar
Quatro amigos de diferentes partes da Zona Oeste do Rio se juntaram para dar rosto e voz, através de uma exposição fotográfica, a 20 jovens que saíram da escola. Esses jovens serão mobilizados e participarão de oficinas criativas, onde serão estimulados a relatarem os motivos que os fizeram deixar a escola. A exposição fotográfica será montada com os retratos dos jovens e seus depoimentos escritos na oficina, com o objetivo de aquecer o debate sobre a evasão escolar na região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *