João XXIII no ritmo do Funk e do passinho

A Pavuna tem novos desejos
4 de setembro de 2015
De Santa Cruz a Ipanema: o jovem é sujeito desejante
11 de setembro de 2015
Exibir Tudo

João XXIII no ritmo do Funk e do passinho

No dia 29 de agosto, foi dado início ao ciclo 2015 da Agência de Redes Para Juventude no território João XXIII, em Santa Cruz. Foi um sábado inteiro dedicado à recepção dos novos jovens, à apresentação da equipe que irá trabalhar diretamente com eles no núcleo e à participação da Rede Agência, composta por projetos que fizeram parte de ciclos anteriores e que foram premiados com até 10 mil reais para desenvolverem ações em seus territórios.

Estiveram presentes representantes dos projetos Os Descolados, Uma mão loga a outra e Providenciando a Favor da Vida, que falaram aos jovens sobre suas experiências. O dia também contou com uma fala da mediadora Sinara Rúbia, que explicou a todos um pouco mais sobre a metodologia da Agência, e qual será a função, no território, de cada um da equipe, esclarecendo as dúvidas dos jovens.

Tais Avelar, de 20 anos, adora cantar e pretende desenvolver algo ligado a música no seu território. Ela é uma dessas jovens que estavam cheias de questionamentos. Depois de ouvir o depoimento da galera do grupo Os Descolados, ela confessou ter se sentido mais tranquila, porque, assim como ela, eles chegaram à Agência sem ideia especifica de projeto, e formaram o grupo a partir da identificação com a dança e a música.

Em Santa Cruz, jovem chega à Agência animada.

O contato entre essas duas gerações motivou mais os jovens, pois ainda existiam muitas dúvidas sobre como se dá esse processo de transformação da ideia em projeto e sobre como a Agência é decisiva nesse momento. Thais disse “Eu gostei bastante dos meninos d’Os Descolados pela determinação que tiveram pra chegar aonde estão. Eu já fui uma pessoa muito perdida e penso que, se eles conseguiram ter um objetivo, eu também posso chegar lá”. Depois, o encerramento das atividades contou com uma apresentação do grupo de dançarinos, mencionado por ela, embalando o núcleo João XXIII com muito funk e passinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *