Ideia no papel e caneta na mente

Inventariando na Cidade de Deus
11 de outubro de 2012
Inventário de tudo
11 de outubro de 2012
Exibir Tudo

Ideia no papel e caneta na mente

Por Luciano Garcia

No último sábado, o Estúdio de Criação começou a todo vapor. Os universitários trouxeram alguns de seus pertences para apresentar os inventários, uma das formas de se expressar ideias da metodologia da Agência de Redes para Juventude. A universitária Alice Flicts apresentou sua coleção de caixinhas. ” Não são caixinhas comuns, cada caixinha dessa eu encontrei por algum lugar importante por onde passei, não sei porque, mas acabo guardando sempre comigo”, diz Alice.

Inventários de caixas e bonecos

Depois desse exemplo, muitas ideias começaram a ser rascunhadas. Luiz Henrique, de 19 anos, adora ler e escrever. O jovem passou para o papel sua ideia de montar um projeto que incentive a leitura e a escrita coletiva na sua comunidade. O desejo de um parente também serviu de base para a ideia da bolsista Jessica Cristina, de 20 anos. Inspirada no sonho de sua mãe, que durante toda a vida trabalhou em bufê, a jovem quer montar um espaço de festas comunitário, com preços acessíveis,  pois os valores cobrados são muito altos.

Produzindo inventários

Como sou?

Na tarefa do auto retrato a equipe mostrou que boa parte do que somos é uma colagem de fragmentos do que lemos, vemos e ouvimos no mundo. Esses arquivos e junções são feitos à toda hora do dia.  Todos ganharam uma folha de papel de 100 x 160 cm, para desenhar um autorretrato e montar um mapa de atravessamentos e influências. A ferramenta ajudou os jovens a potencializarem qualidades, expressando tudo no papel para uma discussão. Algumas figuras reconhecidas mundialmente por suas ações ou obras – de Mahatma Gandhi a Steve Jobs e Paulo Coelho –  foram citadas, mostrando que a galera não está fraca. Este também é um indicador de que com o acesso à internet o repertório desse jovem vem aumentando, assim como sua curiosidade. Por isso o apontamento de informações diárias para pesquisas, realizados também em nossos grupos de estudos semanais, será uma excelente ferramenta para a elaboração final de cada projeto. É esperar a banca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *