Feira de Ideias no Centro

Negociando Ideias na Rocinha
11 de junho de 2014
Vendendo o Seu Peixe: A Feira de Ideias em Santa Cruz.
16 de junho de 2014
Exibir Tudo

Feira de Ideias no Centro

Mais um sábado de ação na Agência de Redes para Juventude. A missão do dia foi a Feira de Ideias, que consiste na apresentação das ideias dos jovens e a criação de grupos para o fortalecimento de suas ideias. O dia começou com um jogo, no qual os jovens se dividiram em 4 grupos para lançar ideias e propor coisas uns para os outros. Por exemplo, o Grupo A escolheu o tema Artes Urbanas, e o Grupo B teria que responder algo necessário para que essa arte de intervenção urbana acontecesse; no caso, o Grupo B respondeu “encontrar grafiteiros e lojas de tinta”

Mais um sábado de ação na Agência de Redes para Juventude. A missão do dia foi a Feira de Ideias, que consiste na apresentação das ideias dos jovens e a criação de grupos para o fortalecimento de suas ideias. O dia começou com um jogo, no qual os jovens se dividiram em 4 grupos para lançar ideias e propor coisas uns para os outros. Por exemplo, o Grupo A escolheu o tema Artes Urbanas, e o Grupo B teria que responder algo necessário para que essa arte de intervenção urbana acontecesse; no caso, o Grupo B respondeu “encontrar grafiteiros e lojas de tinta”.

Quando todos os grupos já tinham perguntado e respondido, todos se juntaram para formam um semi-circulo, onde o mediador do Júlio Rosa lançou algumas perguntas. “Porque vocês acham que as pessoas se juntam?”. Os jovens responderam por praticidade, objetividade, afinidade e preguiça. “O que não pode faltar numa feira?”. Local disponível, barracas, sacolas, produtos e clientes. “Como ser um bom vendedor?”. Botar o preço baixo no final do dia, tratar bem os clientes, negociação e lábia.

Depois das perguntas, alguns jovens foram escolhidos para ir na frente do semi-círculo e tentar vender um produto que os outros não sabiam qual era, mas sem falar, ou seja, com mímica. Dessas maneira, os bolsistas puderam experimentar mais uma maneira de expressar uma ideia, dessa vez com o corpo apenas.

Assim que os jovens se juntaram para ver vídeos de feiras no Rio de Janeiro, descobriram que eles mesmos fariam uma “feira de idéias” ali naquela sala. Nessa feira, cada jovem iria desenvolver sua ideia num cartaz e tentar “vendê-la” para os outros jovens, para tentar trazer mais pessoas para realizar a sua ideia. Com isso, os primeiros grupos de projetos do núcleo centro começaram a se formar,  com idéias parecidas ou outras afinidades.

Os projetos que se consagraram no final do dia foram : Mit Moda, Pacotes de Viagens, Caçamba Inteligente, SWAG, Reciclagem, Centro Cultural Jubal Asafe, Canal Amareve, Graffit à Domicílio, Biblioteca, Nóiz e Consultório Médico. A direção que os jovens tentaram seguir foi de tentar pensar mais no que o território pode oferecer, procurando evitar projetos com caráter de atendimento, visto que a intenção é que o território deles se beneficie com o que ele pode oferecer ao mundo, e não somente o contrário.

Canal AMAREVÊ // Aquilarril Turismo // SWAG

Canal AMAREVÊ
Kevin Lima (22) de Timbáu, Allan Jorge (17) da Nova Holanda e Fábio Lorram (15) planejam um canal online de publicidade, jornalismo e entretenimento da Maré.

Aquilarril Turismo
Júlio Basílio (17) da Chatuba, Douglas de Melo (20) também da Chatuba, Júlio Áquila (20) da Maré, Raíse (20), Thamila (20), Meirirril (29) e Merlawe  (15) do São Carlos levar cultura e conhecimentos turísticos a pessoas da comunidade com uma companhia. Nem todos os participantes do grupo puderam tirar a foto.

SWAG
Jefferson Gomes (18) do Sampaio e Jefferson de Freitas (20) do Alemão querem dar oficinas de dança, fazer batalhas de rimas e fazer ensaios fotográficos.

Mit Moda // Nóiz Favela Art Esporte Crew // Centro Cultural Evangélico Jubal Asafe

Mit Modas
Michele Bernardo (22), Igor do Nascimento (17) e Thaís Sodré (15) querem criar uma estamparia de camisetas no São Carlos que retratem personagens e pontos da comunidade.

Nóiz Favela Art Esporte Crew
Yuri de Souza Santos (17), Luan Oliveira Pereira (17), Natasha Rodrigues (18), Robson dos Santos (15) e Fábio de Menezes (20) são do São Carlos e querem agregar a favela ao asfalto, através de oficinas de artes urbanas.

Centro Cultural Evangélico Jubal Asafe
Ticiana Lopes (20), Robson Costa (23) e Marcela dos Reis (24) do Fogueteiro-Fallet vão criar centro cultural evangélico.

Reciclar é Arte // Caçamba Inteligente // Biblioteca

Reciclar é arte
Caroline Silva (15), Bianca Ribeiro (15), Rhuan Derick (15), Thayna Ribeiro (20), todos do São Carlos, querem comercializar objetos feitos à partir de material reciclado.

Caçamba Inteligente
Elisângela Almeida (17) da Providência, junto com Carlos Henrique Ângelo (17) e Carlos Alberto dos Santos (17)  querem criar pontos de coleta coletiva de lixo na Providência.

Biblioteca

Pâmela Franklin (20), Guilherme Vinícius Roberto (29) ambos do São Carlos e Wesley Almeida (16)  formaram um grupo que tem como objetivo inicial criar uma biblioteca e posteriormente transformá-la também em um ponto cultural para todas as idades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *