Esbanjando ideias e desejos na CDD

Agitação no Borel!
4 de outubro de 2012
O que é que o Batan tem?
8 de outubro de 2012
Exibir Tudo

Esbanjando ideias e desejos na CDD

O primeiro estúdio de criação na Cidade de Deus foi  intenso do começo ao fim. As atividades do dia foram bem construtivas e fluíram, onde era perceptível o quanto aqueles jovens absorviam  todo aquele conteúdo e novo repertório, que no momento eram novos para eles. A equipe estava sempre atenta a esclarecer qualquer dúvida, e o entrosamneto não demorou para acontecer. Exemplo disso foi o sucesso que obtivemos no decorrer do dia.

Primeiro exercício do Estúdio

Para começar, a mediadora Melissa Arievo propôs  um exercício muito utilizado no teatro, que estimulou a expressão corporal dos jovens e também serviu para tirar a inibição deles. “Acredito que é uma boa forma de entrosamento entre eles e uma boa maneira de estimular ideias e provocar a ação de expressar seus desejos”, acrescentou Melissa.

Quadro de desejos e ideias

Depois a equipe sugeriu que os jovens escrevessem no quadro quais eram suas ideias e desejos. O resultado  foi um inventário de plástico de ideias e desejos distintos dos jovens da Cidade de Deus.

Produzindo a bússola

Outro ponto interessante foi a criação das bússolas, oficina na qual os jovens soltaram toda criatividade, botaram a mão na massa, expondo aquilo que achavam importante aderir em suas próprias bússolas. Todos estavam cientes que a bússola era uma espécie de amuleto que iria guiá-los durante todo percurso na Agência de Redes Para juventude .

No final do estúdio troquei palavras com Neyva Lima, uma das potências da Cidade de Deus. Perguntei como foi o dia e qual o momento que mais gostou. “Achei que esse primeiro dia da Agência, renovou minha esperança, não só a minha mas de todos os jovens, saímos da visão de favela-tráfico, e passamos a acreditar que nossas ideias possam nos proporcionar algo melhor, aprendi que devemos expressá-la para concretizá-la, já desejo é algo que nós sentimos e queremos fazer “, afirma Neyva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *