Caravanas da Agência: Santa Cruz e Cidade de Deus

Caravanas: a Agência bate em sua porta
14 de julho de 2015
Projetos retornam à Agência para um “novo ciclo”
17 de agosto de 2015
Exibir Tudo

Caravanas da Agência: Santa Cruz e Cidade de Deus

A mobilização do último final de semana teve como foco dois territórios com diferentes trajetórias dentro da Agência de Redes para Juventude. O primeiro ciclo da Agência em Santa Cruz aconteceu ano passado e neste ano mais um novo núcleo será criado no bairro, na região da “Reta do João”. Já o núcleo na Cidade de Deus funciona desde 2011 e permanece um território importante, tanto pela lógica de complexo que a comunidade possui quanto para o entendimento de políticas públicas que atingem diretamente a juventude.

Jonathan Ramos (18 anos), estudante de Letras, encontrou na Agência uma chance de atuar no seu território.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em Santa Cruz, a mobilização aconteceu nas localidades João XVIII e Guandu II. Foram mais de 140 inscrições e teve até celebridade do Whats App, apoiando e animando a caminhada da equipe.

Jonathan Ramos (18 anos), é estudante de letras/inglês numa faculdade privada em Santa Cruz e foi um dos primeiros jovens com quem a equipe conversou. Com um grande desejo de agir no território, ele se viu num (bom) impasse: inscrever-se para como universitário ou jovem bolsista. “Eu tenho vontade de ser professor de inglês. Estudei aqui no Erich [Walter Heine, colégio estadual da região] e desde o 2º ano eu já pensava em dar aula aqui”, conta Jonathan, que observa em Santa Cruz boas ideias, das chopadas ao jornal Alô Comunidade.

Uma das novidades deste ciclo em Santa Cruz é a abertura de mais um núcleo que acontecerá na Cultural Sandra de Sá. Para Márcio França, coordenador na Lona, a Agência entra como um complemento ao trabalho da espaço cultural. “A Agência de Redes vem complementar o nosso trabalho, trazer a cultura através do empreendedorismo. O jovem precisa conhecer novos talentos, tem que ter o teatro e ter o cara fazendo cupcake que aprendeu com a avó”, conta Márcio que comemora também o sucesso das faixas que a Lona espalhou na região e que reverteram um grande número de inscrições. A Lona funciona há mais de dez anos no Guandu II e conta, além da lona, com um varandão, uma biblioteca e uma sala de oficinas, para realizar um trabalho de formação de plateia.

O lema da mobilização da Agência de Redes para Juventude é: "passa nada!"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na Cidade de Deus, as áreas dessa primeira mobilização foram Tangará e Pantanal.Uma das grandes aliadas do dia foi Fátima Santos, moradora do Pantanal. Ela é uma ativista na comunidade e está sempre disponível para quem quiser alguma informação sobre o que está acontecendo na CDD na área de saúde, educação e direito.”Eu não estaria feliz ao ver meus filhos bem e o filho da vizinha passando necessidade”, conta a agente de saúde que percorreu diversas ruas e casas com a equipe da Agência convocando jovens a participar desse novo ciclo. Ela acompanha a metodologia na comunidade desde o início e vê mudanças na vida dos jovens que a experimentaram. “O Maxwell, o Jefferson e o Jonathan estão trabalhando agora num laboratório. Fiz um almoço aqui em casa e eles estavam todos aqui muito mais maduros e responsáveis”, completa Fátima, que percebe na comunidade um recrudescimento da violência e, na cidade como um todo, o aumento do racismo.

Uma das jovens a se interessar pela metodologia da Agência é Raquel Peixoto. “Eu trabalhava no shopping, mas a menos de 20 dias eu saí de lá pra cuidar da minha casa e dos meus filhos”, conta a jovem de 23 anos que a pouco mais de 1 ano saiu de Minas Gerais para morar no Rio de Janeiro. O momento pode parecer de dificuldade, mas Raquel não se deixa de desejar. “Deve ser melhor quando a gente trabalha para nós mesmos”, completa Raquel que quer empreender na área da culinária hackeando a experiência da irmã que trabalha em restaurantes.

As Caravanas vão passar por todos territórios de atuação dos núcleos da Agência realizando inscrições de porta em porta. Neste final de semana a equipe vai para Providência e Pavuna. É possível se inscrever também por telefone (2224-5102) ou por e-mail (agenciarj2015@gmail.com) informando e-mail informe nome completo, data de nascimento, CPF, RG, endereço, nome do responsável, telefone, e-mail e Facebook. Avante!

Saiba como foram as mobilizações na Rocinha e Batan.

Conheça os produtores locais da Agência e entre em contato com eles para realizar sua inscrição!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *