Aprofundando os projetos rumo à banca

Entre projetos e ansiedades
28 de novembro de 2012
Ensaios no Borel
30 de novembro de 2012

Depois de um período intenso de trabalho nos estúdios de criação da Agência de Redes para Juventude, os jovens se preparam para a apresentação de seus projetos. No próximo dia 15 de dezembro acontece a banca de seleção, momento que gera certa tensão nos  jovens que se desdobram para apresentar bem seus projetos.  É nítido o quanto os jovens e os projetos foram aperfeiçoados durante esse percurso de oito estúdios.

No último sábado, revimos um pouco de cada feramenta apresentada nos estúdios. Os mediadores sintetizaram certas características, entre elas: forma, impacto do projeto no território, foco na ação, objetivo, visão, redes de apoio.

As novidades da formatação da ficha dos projetos foram: sustentabilidade, missão e slogan, que é uma frase de fácil memorização que resume as características do projeto.

As conversas dos jovens com os mediadores foi produtiva. Após a participação no seminário Todas as Redes, que reuniu especialistas de diversas áreas do conhecimento para uma grande Roda de Ideias com os bolsistas, muitos projetos fizeram mudanças significativas – como foco da ação no território, público-alvo, e até no nome da iniciativa.

MUDANÇAS

Os jovens do projeto Spa esportivo, que inicialmente iria trabalhar com idosos e crianças, decidiu dedicar-se somente ao público da terceira Idade; Já os jovens do projeto Tend’art, mudou o nome para Cassa Nossa, com a justificativa que iria sintentizar melhor a proposta do projeto, que é de gerar um ambiente de convivência e produção livre; E o projeto Movimentos, que antes era Cena CDD, é um projeto que vai trabalhar com a dança, e no decorrer do estúdio deste último sábado, o projeto modificou as estratégias de alcance e de impacto no território.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *